Interview with Stephanie Mantovani, founder Addolcire Icecream

Conte-nos um pouco sobre voce e seu interesse na indústria de comida,  e especialmente em sorvete.
Desde pequena, sempre ajudei minha avó a cozinhar e decorar bolos e lembro-me de falar muito sobre abrir um restaurante no futuro. Quando terminei o colégio, tinha dúvidas se era esse o melhor caminho a percorrer mas aceitei o desafio, me formei em Gastronomia pelo Senac e agradeço muito por ter tomado essa decisão. Na faculdade, trabalhei em diversas áreas e me encantei ainda mais pela confeitaria e tudo relacionado à ela.

Quando terminei a faculdade, fui trabalhar em uma gelateria, além de algumas chocolaterias. Assim, decidi aprimorar meu conhecimento em confeitaria viajando para Bologna, Itália, e cursando a faculdade Carpegiani, a mais especializada no que diz respeito ao gelato e confeitaria gelada. Ao voltar pro Brasil, já comecei a procurar imóveis para alugar e abrir minha própria confeitaria com ajuda da minha família.

É seu primeiro emprego na indústria  alimentos?
Quando comecei a faculdade, trabalhei em alguns restaurantes e confeitarias. Minha ideia era vivenciar o maior número de áreas para, então, ter certeza daquela que mais me atrai.

Quando você sabia que você queria ter uma loja e quais foram os primeiros passos que você deu para fazer isso acontecer?
Como disse, sempre sonhei em ter meu próprio restaurante/confeitaria. Toda minha família acabou entrando no sonho...minha avó cozinha incrivelmente bem, assim como meus pais. Quando meu pai mostrou seu apoio e alegria na ideia, tive certeza que daria certo. Depois, fiz cursos para me especializar mais e comecei a imaginar como tudo seria: onde, quais produtos teriam, o nome, as cores, as música que tocariam...nessa parte minha família foi crucial, principalmente minha irmã.

O que tem sido o seu maior desafio até agora?
Hoje eu sei que ter o próprio negócio é, na verdade, mais difícil do que dizem...Você tem que fazer muitas coisas ao mesmo tempo...falar com os fornecedores, clientes, funcionários, fazer a parte financeira, o marketing, pagar as contas, criar as receitas e testá-las, checar o que está na moda na gastronomia e ainda arranjar tempo para sua família e seus amigos. Ainda assim, por mais que às vezes eu possa ficar cansada, a felicidade que a Addolcire me traz compensa tudo.

São Paulo tem um monte de lojas de sorvete, o que você acha diferente entre seu e os outros?
Em São Paulo, se você pretende abrir algo, você deve saber de antemão que aqui já tem tudo. Mesmo. Então, pra você não se tornar “mais um”, você tem que ver também o que falta nos outros e fazer não apenas o que as pessoas esperam de você, mas também aquilo que as surpreenderiam. Por exemplo, aqui nós realmente ouvimos o que os clientes sugerem. Se eles ou minha equipe indicam um sabor, vou fazer a receita e iremos testar! Dando certo, coloco na loja. Também, tentamos não ficar na “zona de conforto” e testamos sabores originais, mesmo que eles possam parecer estranhos ou incomuns (como o Brie com Pera ao Vinho, Cachaça com Caju, Strudel de Maçã ou até o que leva o nome da casa, que é Crème Brûlée com limão siciliano).

Outra coisa que as pessoas costumam adorar aqui é que temos muitas opções sem lactose ou veganas, sem glúten ou adição de açúcar.

Por último, eu vejo que os clientes sentem-se confortáveis aqui! O ambiente é fofo e aconchegante, então fica fácil ter uma boa experiência.

Qual é o seu sabor favorito? 
Essa decisão é bem difícil...depende do que eu quero na hora e como está o dia! Eu amo o “Amaro”, que é chocolate belga amargo às vezes acrescido de algo como Brownie, Cereja ou Marshmallow. Quando está quente, eu prefiro o de Abacaxi com Manjericão feito à base de água! É bastante refrescante!

São Paulo Café: Lilóri

Lilóri is one of São Paulo's first all gluten and lactose free cafés. The menu is perfect for lunch on a work-day with sandwiches and quiches as the main focus (and lots of baked goods). They have a great juice menu with various green juices (the beet juice is my fave).  They have a small selection of salads but nothing to write home about. Also, this is the only place I've been able to find pure almond butter along with many other health foods! 

Lilóri é um dos primeiros cafés que serve tudo sem-glutem e lactosa em São Paulo. O menu é perfeito para o almoço em um dia de trabalho com sanduíches e quiches como o foco principal (e também bolos variados). Eles têm um menu excelente de sucos verdes (o suco de beterraba é o meu favorito). E uma pena que eles ainda têm uma pequena seleção de saladas. Além disso, este é o único lugar que eu consegui encontrar manteiga de amêndoa pura, com muitos outros alimentos saudáveis ara venta!

SP: Eataly Opens!

EATALY opened this week in São Paulo!! I've heard about this opening for over a year and in true Brazilian fashion, good things come to those who wait! I visited the gourmet foodie haven in Itaim and was super impressed by the space and the food! Eataly São Paulo boasts three floors of restaurants, bars, and retail space (it also offers cooking classes). Like the other Eataly locations, the restaurants are broken down into fish, meat, pasta/pizza, snacks, a Nutella station and a bar upstairs with a wider menu. The restaurants were PACKED so I'm looking forward to the frenzy dying down slightly in hopes that the wait times will be shorter and the supermarket will be easier to navigate - though I already bought a few "São Paulo" personalized Nutella jars. 

EATALY abriu esta semana em São Paulo !! Já faz mais de um ano que aguardo esta abertura e em verdadeira moda brasileira , as coisas boas vêm para aqueles que esperam ! Eu visitei o paraíso gourmet no Itaim e foi super impressionada com o espaço e a comida ! Eataly São Paulo possui três andares de restaurantes , bares e espaços comerciais (também oferecem aulas de culinária). Como os outros locais Eataly no mundo, os restaurantes são divididos em peixes, carnes, massas / pizza, lanches , uma estação de Nutella e um bar no andar de cima com um menu mais amplo. Os restaurantes foram lotados quando e estou ansiosa para voltar quando fique mais calmo para comer nos restaurantes sem espera e comprar os productos italianos deliciosos -  eu saí com algumos frascos de Nutella personalizados para "São Paulo" .

SP Restaurant: Taberna 474

It took me a while to try Taberna 474 because its sister restaurant (Adega Santiago) disappointed a little when I first arrived in São Paulo. I tried Taberna 474 last week though and already want to go back for the fresh fish and super relaxed atmosphere. I recommend getting lots of starters to share as they were better than the mains. Starter highlights were: Scallops in the shell, fresh fish plate (think lots of different varities of fish carpaccio with lemon and pepper), oysters, marinated salmon, and caramelized onion & chorizo toats. The desserts were nothing special either. 

Levei um tempo em experimentar Taberna 474 porque o restaurante irmã (Adega Santiago) decepcionou um pouco quando cheguei pela primeira vez em São Paulo. Eu jantei na Taberna 474 na semana passada e que já quero voltar para o peixe fresco e do ambiente super agradável. Eu recomendo pedir varias entradas para compartilhar, pois eram melhores do que os pratos principais. Destaques de entradas foram: vieiras na concha, prato de peixe fresco (pense variedades de carpaccio de peixe com limão e pimenta), ostras, salmão marinado, e tostadas de cebola caramelizada e chouriço. As sobremesas não eram nada especial.

The Copan Building

For English Click Here

O Edifício Copan, desenhado por Oscar Niemeyer, é um dos mais conhecidos edifícios de São Paulo. Na primeira vez que visitei São Paulo, fiquei de pé em frente ao prédio e tirei apenas algumas fotos. Agora que moro aqui, aprendi que o Copan tem muito mais a oferecer no seu interior. O edifício funciona como uma mini-cidade, e é um ótimo destino para uma tarde culinária e cultural. Com mais de 2.000 moradores, não é surpresa que o prédio hospede salões de beleza, lojas, restaurantes, agências de viagem, livrarias, galerias, limpeza a seco, além de tudo mais o que você precisa em uma cidade pequena (possuindo até mesmo seu próprio código postal!).

Uma das melhores paradas no Edifício Copan é a Galeria Pivo, que se descreve como um "espaço de arte autônomo e sem fins lucrativos". A Galeria Pivo é um espaço imprevisível que rompe com os ideais de uma galeria convencional em sua abordagem, propondo a criação de um novo modelo de espaço estético. Em vez de apenas expor o produto final acabado, a galeria busca expor todo o processo por trás do conceito e da criação da arte. Eu acho que este modelo é interessante, especialmente no mundo da arte, onde às vezes o exterior brilhante pode ser intimidante, enquanto o processo criativo real e verdadeiro é esquecido. É raro ter acesso aos estúdios dos artistas, pois a arte é direta e tradicionalmente vista a partir de uma galeria. No caso da Galeria Pivo tanto as exposições finais como as residências e palestras criadas pelos artistas expostos são livres para visitar. Confira o calendário on-line para mais informações sobre a agenda de exposiçōes.

Exatamente ao lado da galeria, o restaurante gourmet mexicano recém-inaugurado chamado "La Central" serve uma comida maravilhosa incluindo tacos, ceviches e pratos principais mais substanciais. Com um design moderno e limpo, é um ótimo local e uma nova adição à a cozinha mexicana pouca explorada no Brasil. E além de tudo isso, pode-se admirar as belas fotografias de Paulo Nazareth nas paredes caso você ainda esteja com vontade de arte. Localizado também super perto fica o Bar da Onça, um estabelecimento clássico do Copan e de São Paulo. Apesar de preferir a comida do "La Central", o Bar da Onça tem o charme antigo de São Paulo e vale a pena parar por alguns minutos para tomar um café ou comer uma lanche bem brasileiro. E se possível, passe também um tempinho no Café Floresta, aberto há 38 anos, para tomar um café em pé e observar os moradores indo e vindo do prédio.

Por último, eu recomendo caminhar por todo o piso térreo do prédio para ver os lobbies de todos os "blocos" que levam aos apartamentos. As estruturas maravilhosas dos anos de 1960 de madeira curvada, azulejaria originais e cafés e lojas integradas mostram a genialidade de Oscar Niemeyer. Um dos fatos mais reveladores é que muitos dos proprietários dos estabelecimentos mencionados moram no próprio edifício, tornando São Paulo uma cidade com base menor e mais focada na comunidade. Em uma área onde a segurança é uma preocupação, é incrível ver mentes criativas e inovadadoras unirem a história da cidade com o potencial que esta área pode ter no futuro.

 

SP Restaurant: Epice

Full disclosure: I had been wanting to try Epice for a while and went in a few months ago only to be surprised by the bare room with an neon light and walked right back out. The interior did not match the beautiful website or the photos I had seen of the food, I assumed it was just good advertising and left the restaurant. Then, the list of Brazilian Michelin starred restaurants came out and surprise surprise Epice was on the list (teaches not to judge on appearances). So I went last week to try it without judging based on its looks, and have since been back! The food it really delicious and fully deserves the Michelin star it receives. I highly recommend it for anyone looking for elegant cuisine in Jardins (just not an elegant interior).  

Confissão: eu queria experimentar Epice faz tempo e fui há alguns meses apenas para ser surpreendida pela sala vazia com uma luz neon e voltei para fora. O interior não combinava com o site bonito ou as fotos que eu tinha visto da comida, eu achava que era apenas boa publicidade e sai do restaurante. Depois, a lista de restaurantes Brasileiros com estrelas Michelin saiu e surpresa surpresa Epice estava na lista (ensina a não julgar pelas aparências). Então eu fui na semana passada para experimentá-lo sem julgar na aparência, e desde então ja voltei! A comida e realmente deliciosa e merece totalmente a estrela Michelin que recebeu. Eu recomendo para quem procura culinária elegante nos Jardins (e não apenas um interior elegante).

SP Restaurant: Padoca do Mani

Mani is one of my favorite restaurants in Sao Paulo so I was very excited when Padoca do Mani opened up a few door down. The Padoca is a small cafe serving breakfast and lunch with fresh ingredients and the Mani touch; off duty Mani chefs are often hanging out here between shifts! The cafe has a tiny,  uncomplicated menu written on the wall and makes everything in house including the breads, pastries and juices. The food can be easily made for take-out and many of the raw ingredients are for sale. One of the most original things for purchase are the homemade broths. They are made to take home for cooking and come in specialty flavors like: seafood, veg, meat.

Mani é um dos meus restaurantes favoritos em São Paulo, então eu fique animada quando a Padoca do Mani abriu na mesma rua. A Padoca é um pequeno café que serve café da manhã e almoço com ingredientes frescos e o toque Mani! O café tem um pequeno menu simple escrito na parede e faz tudo em casa, incluindo os pães, bolos e sucos. A comida pode ser facilmente feito para viagem e muitos dos ingredientes estão à venda. Uma das coisas mais originais para a compra são os caldos caseiros. Eles são feitos para levar para casa para cozinhar e vêm em sabores especiais como: frutos do mar, legumes, carne.

SP Food Trucks

Todo último domingo do mês, há umencontro de Food Trucks, que chega às tranquilas ruas arborizadas de Moema, organizado pelo “Guia Food Trucks”. Localizado em alguns techos das duas ruas paralelas do bairro,  fui para o encontro neste fim de semana para almoçar, na espectativa de experimentar alguns novos food trucks. São Paulo está passando por um grande aumento na quantidade de food trucks pelas ruas. Na cidade onde todo o mundo está dirigindo, não e sorpendente que a comida também se move nas rodas. 

Na experiência que tive, os chefs de food trucks são muito apaixonados por comida, mas muitas vezes o fazemcomo um projeto paralelo juntamente com o trabalho diario, ou não querem se comprometer com um restaurante. Eu gosto de apoiar essa paixão dos chefs e comer nos food trucks sempre que posso! Os food trucks também estão disponíveis para alugar para eventos privados, que acho uma idéia maravilhosa e criativa para uma festa ou evento corporativo.

Descobrir novos food trucks é muito divertido e fique animada de ir ao encontro em Moema. Cheguei cedo e, como foi um encontro bastante pequeno (20 food trucks), a minha tática era começar pelo Mendozitos (um truck de vinho) para pegar uma taça de vinho antes de caminhar pelas ruas para ver todas as opções disponíveis e escholer onde comer. Mendozitos é um dos meus favoritos “drink trucks” em São Paulo - servindo apenas vinho, este caminhão é o complemento perfeito para os outros que servem comida. É o exemplo ideal de um "projeto paralelo" ao trabalho cuotidiano, pois seus fundadores continuam trabalhando em jornalismo e publicidade. Com uma taça de Malbec Rose na mão, comecei a jornada pela comida ...

Comecei na “Holy Pasta” Food Truck e pedi o “Mac n’ Cheese”, o prato mais altamente recomendado pelos chefs. A pasta foi deliciosa, mas se você quiser experimentar comida de um monte de caminhões diferentes,  eu recomendo dividir os pratos, porque as porções são grandes! Próxima parada – Buzina, para comer um Veggie Burger (o meu favorito dos pratos que comi). Buzina é um dos Food Trucks mais populares e, na minha opinião, o mais acessível durante a semana. Eles são bem organizados e planejados para servir, e visitam bairros variados durante a semana inteira. Depois, eu fui ao “Asian Father” atrás de um Pad Thai maravilhoiso e  finalmente, chegei no Box Fruta para um smoothie de Açaí. Na próxmias vez, eu quero experimentar “Da Praia” pois seus lobster rolls pareciam deliciosos! Depois de toda a comida, voltei para Mendozitos para tomar uma garrafa de vinho da casa!

Agora que eu descobri alguns novos food trucks, posso segui-los pela a cidade e comer suas comidas separadamente. Mas eu certamente voltarei a este encontro mensal, pois a atmosfera do local, atrelada as comidas e bebidas dos trucks, proporcionam uma experiência única. 

For English click here.

SP Restaurant: La Guapa

One of my favorite restaurants in SP is Arturito, so you can imagine how excited I was when their Argentine chef opened an empanada restaurant a few block from my house! La Guapa is located in Livraria da Vila on Lorena in a super relaxed setting, perfect for book browsing while you munch. The empanadas (which come in 8 different fillings) are seriously good, super flavorful and slightly burnt! My favorite by far are: Frango Caipria and Pucacapas.  

Um dos meus restaurantes favoritos em SP é Arturito, então fique super animada quando seu chef argentino abriu um restaurante de empanadas algumas quadras da minha casa! La Guapa está localizada na Livraria da Vila na Alemada Lorena em um ambiente super relaxado, perfeito para leer livro enquanto você come. As empanadas (que vêm em 8 recheios diferentes) são super saborosa e ligeiramente queimadas! Os meus favoritos são: Frango Caipria e Pucacapas .

SP Restaurant: La Central

 Casa Vogue

Casa Vogue

It's rare that a cool restaurant opens in famous landmark but that's just what La Central did in Sao Paulo. Recently opened in the Copan Building, La Central serves Mexican food in a beautifully designed restaurant. While the restaurant has a new modern design, the interiors match the style of The Copan Building making it feel authentic to Niemeyer's plans of the Copan. It's the perfect food stop in Centro after visiting the nearby Galeria Pivô and having a drink at Bar da Onça

Não é todo dia que um restaurante legal abre em um famoso local turístico, mas La Central esta fazendo exatamente isso em São Paulo. Recentemente inaugurado no Edifício Copan, La Central serve comida mexicana em um restaurante muito bem desenhado. Enquanto o restaurante tem um novo design moderno, os interiores combinam perfeitamente com o estilo do edifício Copan. É o local perfeito para comer no Centro, depois de visitar a galeria vizinha Pivô e ter uma bebida no Bar da Onça