The Copan Building

For English Click Here

O Edifício Copan, desenhado por Oscar Niemeyer, é um dos mais conhecidos edifícios de São Paulo. Na primeira vez que visitei São Paulo, fiquei de pé em frente ao prédio e tirei apenas algumas fotos. Agora que moro aqui, aprendi que o Copan tem muito mais a oferecer no seu interior. O edifício funciona como uma mini-cidade, e é um ótimo destino para uma tarde culinária e cultural. Com mais de 2.000 moradores, não é surpresa que o prédio hospede salões de beleza, lojas, restaurantes, agências de viagem, livrarias, galerias, limpeza a seco, além de tudo mais o que você precisa em uma cidade pequena (possuindo até mesmo seu próprio código postal!).

Uma das melhores paradas no Edifício Copan é a Galeria Pivo, que se descreve como um "espaço de arte autônomo e sem fins lucrativos". A Galeria Pivo é um espaço imprevisível que rompe com os ideais de uma galeria convencional em sua abordagem, propondo a criação de um novo modelo de espaço estético. Em vez de apenas expor o produto final acabado, a galeria busca expor todo o processo por trás do conceito e da criação da arte. Eu acho que este modelo é interessante, especialmente no mundo da arte, onde às vezes o exterior brilhante pode ser intimidante, enquanto o processo criativo real e verdadeiro é esquecido. É raro ter acesso aos estúdios dos artistas, pois a arte é direta e tradicionalmente vista a partir de uma galeria. No caso da Galeria Pivo tanto as exposições finais como as residências e palestras criadas pelos artistas expostos são livres para visitar. Confira o calendário on-line para mais informações sobre a agenda de exposiçōes.

Exatamente ao lado da galeria, o restaurante gourmet mexicano recém-inaugurado chamado "La Central" serve uma comida maravilhosa incluindo tacos, ceviches e pratos principais mais substanciais. Com um design moderno e limpo, é um ótimo local e uma nova adição à a cozinha mexicana pouca explorada no Brasil. E além de tudo isso, pode-se admirar as belas fotografias de Paulo Nazareth nas paredes caso você ainda esteja com vontade de arte. Localizado também super perto fica o Bar da Onça, um estabelecimento clássico do Copan e de São Paulo. Apesar de preferir a comida do "La Central", o Bar da Onça tem o charme antigo de São Paulo e vale a pena parar por alguns minutos para tomar um café ou comer uma lanche bem brasileiro. E se possível, passe também um tempinho no Café Floresta, aberto há 38 anos, para tomar um café em pé e observar os moradores indo e vindo do prédio.

Por último, eu recomendo caminhar por todo o piso térreo do prédio para ver os lobbies de todos os "blocos" que levam aos apartamentos. As estruturas maravilhosas dos anos de 1960 de madeira curvada, azulejaria originais e cafés e lojas integradas mostram a genialidade de Oscar Niemeyer. Um dos fatos mais reveladores é que muitos dos proprietários dos estabelecimentos mencionados moram no próprio edifício, tornando São Paulo uma cidade com base menor e mais focada na comunidade. Em uma área onde a segurança é uma preocupação, é incrível ver mentes criativas e inovadadoras unirem a história da cidade com o potencial que esta área pode ter no futuro.