Le Parc Lumiere

Last Sunday, I went to a light exhibition at Casa Daros. Le Parc Lumiere, by Argentinian artist, Julio Le Parc, took a really simple concept (light) and played around with how it changes when it’s obstructed or reflected. Having the beach at your finger tips means you get in the habit of spending the weekend at the beach so it was refreshing to do something different from the usual routine as well as a nice reminder that there is a strong art scene in Rio. It also only took a little over an hour, so there was time for some beach after.

No último domingo, fui a uma exposição de luz na Casa Daros. Le Parc Lumiere pelo artista argentino, Julio Le Parc, usou um conceito muito simples (luz) e brinquei com a forma como ele muda quando está obstruído ou refletida. Quando tem a praia na ponta dos dedos significa que você tem o hábito de passar o fim de semana sempre na praia. Foi refrescante fazer algo diferente da rotina habitual, assim como um bom lembrete de que há uma cena de arte forte no Rio de Janeiro. Só precisou um pouco de uma hora para ver o enteiro da exposição, então havia tempo para prainha depois!